| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

JORNAL DA TV
Desde: 01/04/2001      Publicadas: 38      Atualização: 25/04/2001

Capa |  ARTES & ESPETÁCULOS  |  ASTROS & ESTRELAS  |  AUDIÊNCIA  |  CONTROLE REMOTO  |  CRÍTICA  |  ENTREVISTAS  |  EXPEDIENTE  |  FOFOCAS  |  NOTICIÁRIO  |  NOVELAS  |  PÁGINA DO LEITOR  |  PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA  |  PROGRAMACÃO DA TV  |  TELENOTÍCIAS


 ENTREVISTAS

  04/04/2001
  0 comentário(s)


CANTOR E APRESENTADOR: SAIBA UM POUCO MAIS DA VIDA DE UM DOS CANTORES MAIS FAMOSOS DO BRASIL

LLatino abre seu coração e conta sobre suas andanças entre o nosso querido Brasil e os EUA

Biografia do LLATINO Parte 1 Do nascimento até sua ida para os Estados Unidos

Quando LLATINO nasceu seu pai ( Roberto Martinho da Rocha )trabalhava em uma loja, na seção de fotografia da"Mesbla"do Méier ; E sua mãe (Regina Dirce de Souza Rocha ) na seção de Discos e instrumentos musicais.

Ao nascer seu pai foi conhecê-lo na maternidade (Carmela Dutra, no bairro Lins Vasconcelos), e não foi difícil o encontrar pois quando perguntou a enfermeira qual daqueles bebês seria seu filho ela logo disse: " é aquele que está com o "pezinho" para fora do berço...". Então mandou buscar aquele bebezinho que ao nascer já mostrou que seria "diferente".

Ele era bem carequinha inclusive nem tinha sobrancelhas ainda... Com o passar do tempo ( de 6 a 7 anos ) , seus cabelos foram crescendo e criando um formato cacheado e ainda por cima louro, "quem diria heim , LLATINO louro...".Nessa época morava no Engenho de Dentro _ Méier. Seus apelidos de infância eram: Tinho (diminutivo do nome Robertinho) e Tuco (devido a um personagem de um programa humorístico "A grande família") . Aos 7 anos de idade, ele , seu pai e sua mãe foram morar com sua tia e madrinha ( Ilma Soares da Rocha) em Maria da Graça. Estudou o pré escolar no Instituto Emaculada da Conceição (em Piedade) e o Primário na escola da General Elétric (Maria da Graça) . Seus hobies de infância eram: Soltar pipa, Jogar futebol (apesar de não ser seu forte), Ping Pong , Vôlei e ir a praia... LLATINO sempre foi bem eclético desde pequeno, pois quando era criança fazia pulseiras e sanduíches natural para vender junto com sua mãe. Aos 12 anos de idade ele viu um casamento ser desfeito e foi morar com a mãe em Vila Isabel, nesse meio tempo ela conheceu um novo companheiro( Norte- Americano) que a levou para Rochester ( pelo motivo da embaixada americana não aceitar que uma mãe desempregada levasse seu filho para lá ela voltaria mais tarde para busca-lo), Ficando assim a custódia de LLATINO para seu pai novamente. Após algum tempo, sua mãe veio para o Brasil buscar seu filho e em seguida pediu a autorização do pai para levá-lo os Estados Unidos com ela, argumentando que seria bom para ele se desenvolver melhor em um país de primeiro mundo, ele aceitou. LLATINO partiu um pouco contra vontade, pois seu pai e ele eram muito ligados...

Biografia do LLATINO Parte 2 Minha vida nos E.U.A.

Ao chegar nos E.U.A., ( final de 1985 ) LLATINO se espantou com o frio que lá fazia , coisa que não se esquece até hoje. No aeroporto ele conheceu seu “irmão”, Jeff Lobarck, ( filho de um antigo casamento do americano que sua mãe se casou ).
Triste por ter ido contrariado para lá e sem saber falar inglês, ele foi conhecer a casa onde ficaria morando com seu novo irmão seu padrasto e sua mãe... no bairro de Brockport interior de Rochester ( N.Y.) . Numa casa bem humilde basicamente feita de madeira, ( como a maioria das casas no bairro ), LLATINO começou curtir as influências musicais e se incomodar com a gozação de seus primeiros amigos ( Lee e Joe ) que adoravam fazer bolinhas com a neve para brincar de “ Guerra “ e andar de bicicleta pelas linhas do trem. Em 1986 se matriculou em um colégio local , “Brockport Júnior School”, onde sua maior dificuldade era falar o idioma, devido a isso ele entrou na classe do “E.S.O.L.” ( Sala especializada á alunos do exterior ). Para ganhar um “trocadinho” se juntou a colônia Mexicana e passou a colher pepino, para ganhar apenas U$ 0,20 por “balde cheio”, chegando a ganhar por dia U$ 5,00, ( dinheiro que aplicava em sua bicicleta). Dois anos depois seu “padrasto” decide vender a casa e comprar uma em “Gates”, bairro que fica uma hora de “Brockport”. Se matriculou em um novo colégio “ Gates High School”, onde não teve tanta dificuldade pois já sabia falar um pouco de Inglês, mas continuou tendo a ajuda do “E.S.O.L.”. LLATINO lembra com carinho de seus amigos ( Brian Dicizer e Thomas Bertola ), os mesmos que mais tarde iriam formar um grupo de dança e produção de música eletrônica . Mais tarde Brian se afastou do grupo para ser D.J. então Thomas e LLATINO passaram a fazer frequência nas danceterias: “Metro” e “2001 night club” , dando o seus show’s de dança todos os finais de semana... Durante a semana após o colégio ele ia para o trabalho, da qual teve vários, por exemplo:

- Restaurante Itáliano “ Panderoza” onde era cozinheiro, balconista, garçom e até copeiro quando faltava funcionário, ganhando U$ 4,00 por hora; - lojas de artigos e departamentos em geral “New Berry” e “ Mc Crory”, onde trabalhava como etiquetador , ganhando U$ 3,75 por hora; - Mágico, fazia show’s em festas de aniversário , ganhando U$150,00.
Nesse bairro ele conheceu sua primeira namorada “ Heather” ( amiga de sua mãe e 8 anos mais velha que LLATINO).Eles permaneceram juntos durante o tempo que permaneceu nos E.U.A. . Seu namoro acabou assim como sua amizade com Thomas... LLATINO lembra com carinho da amizade que tinha com o Alan e André, filhos da Neura ( uma amiga de sua mãe ). Sua volta para o Brasil foi tão triste quanto a ida, pois seu “padrasto” se aposentou e resolveu vender tudo e vir para o Brasil...

Biografia do LLATINO Parte 3 Depois de ter residido quase 5 anos nos EUA LLATINO volta ao Brasil

Depois deter sido garçon, cozinheiro, copeiro, mágico e até dançarino de rua nos Estados Unidos, Roberto Souza Rocha, já apelidado de LLATINO, finalmente volta ao Brasil, trazendo em sua bagagem uma enorme cultura americana e todo "swing" de dança de rua.
Uma das primeiras amizades que conquistou foram os componente s do grupo " You Can Dance, que na época era um grupo dança. Kadu, um dos componentes, foi o primeiro quê LLATINO mais se identificou, passaram a compor juntos, freqüentar bailes de Charme e bailes Funk na Periferia do Rio. Com o tempo, LLATINO começou também a conhecer melhor o resto do grupo.
Foi na discoteca do Imperial, em São Cristóvão, que LLATINO começou a se destacar como bailarino, chamando atenção do resto do grupo pela forma exótica com que ele se "mexia". Não foi por menos que começaram uma forte amizade passando a freqüentar e se apresentar em Bailes como em Garnier "no Rocha", Maria da Graça F.C. e Magnatas F.C., onde tudo começou. Para chegar até esses bailes nos finais de semana " LLATINO e Cia " davam calote em ônibus pois nem dinheiro para passagem eles tinham...
Em Maria da Graça, seu bairro natal, LLATINO pode reencontrar grandes amigos de sua infância e fazer novas amizades criando um grupo chamado "Young Dance". Eles se apresentavam em comunidades a troco de nada, apenas de divulgação. Pressionado pelo seu pai (Roberto Martinho da Rocha), LLATINO teve logo que arrumar um emprego e encerar a música e a dança apenas como lazer. Trabalhou em vários lugares, tais como: Pão de Açúcar (no morro da Urca, como caixa), no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (como agente de segurança, trabalho dado a ele por falar inglês) e até como iluminador de fotografia ( com um amigo de seu pai). Mais o seu talento parecia falar mais alto, pois nada dava certo. Em menos de 3 meses ele era despedido por querer compor em hora de serviço "e lá ia ele" outra vez tentar outro emprego. Seu destino era mesmo o campo musical... Foi também no seu bairro, que LLATINO se juntou a um grupo jovem da Igreja de Maria da Graça. Foi freqüentando os cultos de domingo, que ele acabou conhecendo Isabel Cristina que foi sua esposa, mãe de sua filha chamada Dayanna, nascida no dia 4 de Abril de 1996. (hoje LLATINO e Isabel estão divorciados). Por não conseguir parar em nenhum emprego, ele começou a ter divergências com o pai sendo expulso de casa. Com o desespero de se ver desamparado e ter terminado com sua namorada pelo mesmo motivo no mesmo dia, LLATINO pensou em tudo até mesmo em suicídio .... (ele sempre lembra com carinho do seu amigo "Cezinha" que o ajudou a não cometer essa besteira).

Ou seja, não teve o apoio de ninguém, apenas sua vontade de vencer era o que prevaleceria dalí para frente... Por conseqüência disso e por solidariedade a ele, as meninas do bairro formaram um Fã-Club para ajudar em sua carreira. Daí então que seus caminho começaram a se abrir... Ele foi apresentado pelos garotos do " You Can Dance " para a produtora Bass Grew, formada na época pelo Dj. Adriano e o Mc. Guto, que estavam fazendo uma coletânea junto com "You Can Dance" e LLATINO foi chamado para compor uma música em inglês para o grupo cantar " You Took My Love", por ter sucesso na composição ele também foi chamado para fazer parte desse mesmo CD "Bass Grew Vol. 1" , cantando em inglês uma música de sua autoria "Brought me Love". Esse CD gerou alguns shows de graça e ele chegou a se apresentar no programa Caravana do Amor, se passando por artista internacional, tendo como bailarinos o grupo "Free Dance".

Sem ter onde dormir LLATINO foi procurar uma velha tia por parte de mãe, chamada Marlene, no Engenho de Dentro. Pedindo que a mesma a amparasse, ela gentilmente aceitou, deixando claro para ele que dormiria num sofá de dois lugares, pois a casa de um cômodo já abrigava oito pessoas. Ele aceitou, pois era melhor do que dormir na rua. Durante o tempo que ele ficou com rua tia, procurava emprego mais não encontrava. Decidiu então vender sanduíche natural na praia na Barra, (fazendo Beat Box com a boca) chamando a atenção dos fregueses... Chegou até a vender roupa feminina (da By Toko). E com o dinheiro arrecadado das vendas ele ajudava sua tia e guardava o resto para poder realizar seu grande sonho, gravar um CD Solo, Pois a "Bass Grew" havia falido... Na casa de sua tia, LLATINO teve todo o apoio que seu pai na época não pode dar e isso para ele bastava... Foi quando LLATINO se viu apto a fazer um CD demo, pois já tinha dinheiro suficiente para isso, então foi a procura do D.J. Malboro que na época era bem cogitado. Chegando lá, LLATINO quis fazer esse CD que tanto sonhava, mas Malboro ( esperto, sem deixar essa oportunidade passar) propôs LLATINO a rescindir o contrato que tinha com a "Bass Grew" para que depois viesse a assinar um contrato de 4 anos com ele, botando LLATINO para fazer parte da coletânea "Funk Mania". Ele também fez a cabeça de LLATINO para que dali em diante ele cantasse somente em português pois tinha talento para isso (sua primeira música em português foi: "Vem amor"). Sua terceira coletânea foi com a música "Me Leva" no CD Funk Melody pela gravadora S Sport Ligth. Esse sim teve resultado chegando a fazer 8 shows em um dia e alcançando os primeiros lugares na rádio do Rio. Após isso despertou a curiosidade das gravadoras em conhecer o LLATINO, entre elas estava a gravadora Sony Music que imediatamente o contratou por um prazo de 4 anos. Lançando desde então o seu primeira CD solo "Marcas de Amor" que foi um verdadeiro sucesso. Fez com que ele levantasse sua vida, saindo da casa da Marlene e alugando um apartamento na Barra. Ganhando também disco de ouro e de platina.
Até hoje LLATINO não para. Já Lançou mais três CDs depois desse: "Aventureiro", "LLATINO em espanhol" e "Sou Eu" que também arrebentaram rendendo também disco de ouro. Agora LLATINO é contratado pela Abril Music e promete arrasar com esse novo CD "LLATINO 2000".















  Autor:   Vladimir Alves


  Mais notícias da seção MICROFONE SEM FIO no caderno ENTREVISTAS
04/04/2001 - MICROFONE SEM FIO - AMADO POR UNS E ODIADO POR OUTROS
Otávio Mesquita é querido por uns e detestado por outros. Ele não se abala e aqui você fica sabendo um pouco mais da vida do apresentador que não dorme no ponto...
04/04/2001 - MICROFONE SEM FIO - A RAINHA DOS CAMINHONEIROS SENTA NA BOLÉIA DO NOSSO JORNAL E CONTA TUDO
Sula Miranda abre o jogo e revela intimidades da sua vida para o Jornal da TV...
04/04/2001 - MICROFONE SEM FIO - SAIBA UM POUCO MAIS DA VIDA DA MORENA QUE TEM CONQUISTADO MILHARES DE FÃS TODAS AS NOITES
A morena Luciana Gimenez abre o coração e conta tudo nessa chocante entrevista...
01/04/2001 - MICROFONE SEM FIO - SAIBA UM POUCO MAIS SOBRE A VIDA DE ZEZÉ DI CAMARGO & LUCIANO
A dupla mais famosa do Brasil se prepara para lançar novo cd em espanhol e continuar fazendo sucesso no mundo todo...



Capa |  ARTES & ESPETÁCULOS  |  ASTROS & ESTRELAS  |  AUDIÊNCIA  |  CONTROLE REMOTO  |  CRÍTICA  |  ENTREVISTAS  |  EXPEDIENTE  |  FOFOCAS  |  NOTICIÁRIO  |  NOVELAS  |  PÁGINA DO LEITOR  |  PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA  |  PROGRAMACÃO DA TV  |  TELENOTÍCIAS
Busca em

  
38 Notícias